O que fazer e não fazer em um Avião, Navio ou Hot

Existem regras de bons modos num avião?

  • Deixe o banheiro limpo.
  • Não fale em voz alta.
  • Apague a luz de leitura à noite.
  • Antes de abaixar o encosto, veja se não incomodará a pessoa de trás.
  • Tome cuidado para não bater a bagagem em quem está sentado.
  • Não leve travesseiros e mantas .
  • Comissário não é barman! – Tente poupar a tripulação, mesmo que você seja um ilustre personagem da primeira classe. Os comissários não estão lá para resolver problemas de insônia, dor nas costas ou falta de ombro amigo.
  • Nem pense em abrir o bagageiro no meio da noite para conferir as compras. Equivale a fazer arrumação no armário no meio da noite enquanto o companheiro tenta dormir.
  • Maneire na birita! – Bêbados costumam ser chatos em qualquer circunstância. Num avião, tornam-se insuportáveis. Já é norma fazer os exagerados descer na primeira escala.

Preciso ser formal num navio?

Antes de embarcar, saiba o que levar para a programação noturna: noites de gala pedem smoking e vestido longo; noites formais, terno e gravata; informais, blazer. Nos navios de alto luxo, há os três tipos de noite. Nos de luxo, elas podem ser formais e informais, mas bermudas são vetadas. Já os casuais não exigem formalidades.

Como se portar num hotel?

  •  Mantenha o quarto em ordem.
  •  Não faça barulho nos corredores.
  •  Não leve para casa objetos como cinzeiros e toalhas.
  •  Verifique se precisará usar gravata no jantar.
  •  Não pegue mais de um prato de uma vez durante as refeições.
  •  Não dê mergulhos ruidosos na piscina.
  •  Vá procurar sua turma! – Não há motivo para cultivar uma intimidade excessiva com porteiros, camareiras e garçons. A maioria não gosta muito dessas intimidades.
  •  Fale com o dono do circo – Aprenda a reclamar para a pessoa certa: não adianta falar da limpeza do quarto com a camareira; há um responsável por isso acima dela. O mesmo se aplica ao pessoal do restaurante e recepção.
  •  Fique fora da presepada – Lobby de hotel não é estação de trem: você pode marcar encontros, ler seu jornal e tomar café enquanto espera. Mas, montar acampamento, divertir-se com a turma ou ficar falando alto ali está fora de cogitação. Nas áreas de uso comum, discrição é a palavra-chave.

O que fazer e não fazer em um Avião, Navio ou Hotel?

Existem regras de bons modos num avião?

  • Deixe o banheiro limpo.
  • Não fale em voz alta.
  • Apague a luz de leitura à noite.
  • Antes de abaixar o encosto, veja se não incomodará a pessoa de trás.
  • Tome cuidado para não bater a bagagem em quem está sentado.
  • Não leve travesseiros e mantas .
  • Comissário não é barman! – Tente poupar a tripulação, mesmo que você seja um ilustre personagem da primeira classe. Os comissários não estão lá para resolver problemas de insônia, dor nas costas ou falta de ombro amigo.
  • Nem pense em abrir o bagageiro no meio da noite para conferir as compras. Equivale a fazer arrumação no armário no meio da noite enquanto o companheiro tenta dormir.
  • Maneire na birita! – Bêbados costumam ser chatos em qualquer circunstância. Num avião, tornam-se insuportáveis. Já é norma fazer os exagerados descer na primeira escala.

Preciso ser formal num navio?

Antes de embarcar, saiba o que levar para a programação noturna: noites de gala pedem smoking e vestido longo; noites formais, terno e gravata; informais, blazer. Nos navios de alto luxo, há os três tipos de noite. Nos de luxo, elas podem ser formais e informais, mas bermudas são vetadas. Já os casuais não exigem formalidades.

Como se portar num hotel?

  •  Mantenha o quarto em ordem.
  •  Não faça barulho nos corredores.
  •  Não leve para casa objetos como cinzeiros e toalhas.
  •  Verifique se precisará usar gravata no jantar.
  •  Não pegue mais de um prato de uma vez durante as refeições.
  •  Não dê mergulhos ruidosos na piscina.
  •  Vá procurar sua turma! – Não há motivo para cultivar uma intimidade excessiva com porteiros, camareiras e garçons. A maioria não gosta muito dessas intimidades.
  •  Fale com o dono do circo – Aprenda a reclamar para a pessoa certa: não adianta falar da limpeza do quarto com a camareira; há um responsável por isso acima dela. O mesmo se aplica ao pessoal do restaurante e recepção.
  •  Fique fora da presepada – Lobby de hotel não é estação de trem: você pode marcar encontros, ler seu jornal e tomar café enquanto espera. Mas, montar acampamento, divertir-se com a turma ou ficar falando alto ali está fora de cogitação. Nas áreas de uso comum, discrição é a palavra-chave.