Nacionais - Porto de Galinhas

O que fazer - geral

Qual a explicação para o fascínio de um lugar que recebe, todos os anos, meio milhão de turistas? O principal motivo até podem ser as piscinas naturais, as mais próximas da praia de que se tem notícia. Mas há outros. Poucos lugares conseguiram reunir mundos tão diferentes numa mesma vilinha à beira-mar. Um é o das piscinas dos resorts – o tamanho delas, somadas, é equivalente a quase dois gramados do Maracanã. Outro, o das piscinas de água quentinha, represadas por arrecifes na maré baixa, e que estão ali para todos que se dispuserem a embarcar num percurso rápido de jangada. Ao sul da vila, o passeio favorito é o que leva para ver os cavalos-marinhos no Rio Maracaípe. Outra vantagem: Porto de Galinhas está a apenas 65 km do Aeroporto de Recife.

O essencial

*DDD: 81

*Informações turísticas: www.portodegalinhas.com.br

*Melhor época: A época com a melhor relação custo-benefício vai de março a maio, quando o sol brilha forte e os preços são mais baixos. Em junho chegam as chuvas, que ficam até setembro.

 

 

Acqua 1 - Foto 11 Praia do Paiva fotos-porto-de-galinhas-fotos-7 nannai_vista_aerea Pacotes-de-Viagens-Porto-de-Galinhas-Fernando-de-Noronha-2013-11 playa-piscinas-naturales-maragogi

Dicas

O Destino

Festas e Eventos

A vila cresceu

Ao contrário do que se imagina, Porto de Galinhas não é uma cidade, mas sim uma vila de Ipojuca, a cerca de 70 km de Recife. O paraíso foi descoberto pelo turismo há algumas décadas, e aos poucos foram surgindo resorts e hotéis de alto padrão. Hoje a antiga vila de pescadores recebe mais turistas do que a capital de Pernambuco, Recife, e é conhecida internacionamente. O grande sucesso de Porto de Galinhas são as praias e as piscinas naturais. A vizinhança da vila também completa a viagem com belas paisagens – impossível não visitar as praias de Maracaípe, Cacimbas, Toquinho, Carneiros. Sem contar o Cabo de Santo Agostinho e a capital Recife.

A alegria e as raízes típicas do Nordeste

Muitos acreditam que Porto de Galinhas foi um importante e movimentado porto de entrada de navios negreiros no Nordeste, trazendo escravos para trabalhar nos engenhos de cana-de-açúcar da região. No entanto, essa história não é comprovada, o que se sabe ao certo é que o nome Porto de Galinhas já aparece em mapas e registros portugueses do final do século XVI, apenas 80 anos após o descobrimento do Brasil. A cultura local é tipicamente nordestina com festas folclóricas, culinária marcante e tradições pernambucanas. Merece destaque o maracatu, bumba-meu-boi, caboclinho e o pastoril, costumes que vieram da Europa e África e que somaram às dos índios que já habitavam a região. Durante o carnaval, o ritmo que domina as ruas pernambucanas é o frevo, atraindo e animando os milhares de turistas que procuram o estado nordestino. Outros eventos importantes são as comemorações de São João e a famosa encenação da Paixão de Cristo, que acontece em um teatro ao ar livre com capacidade para 80 mil pessoas.

Atrações

Natureza impecável, mar sem igual

Porto de Galinhas é muito especial para quem ama o mar e o visitante pode passar horas se divertindo na água. Tudo porque as praias da região formam piscinas naturais onde é possível brincar com cardumes de peixe e tomar banho em paz em águas cristalinas e quentes. A maior atração é o mergulho, com cilindro ou snorkel, onde o turista se surpreende com a variedade de espécies marinhas. Até a olho nu é possível observar os peixes nas piscinas. Além do mergulho, é irresistível passear de jangada, praticar surf ou kitesurf e dar uma volta de jet sky. Fora do mar, o passeio de buggy, percorrendo todas as praias da região, é uma boa pedida.

Além disso, a infra-estrutura de Porto de Galinhas faz do local o lugar perfeito para férias. Nos resorts, as piscinas modernas com deques alagados são um convite ao descanso. E para quem tem filhos, não poderia ser melhor, a maior parte dos grandes resorts oferecem berçário e área exclusiva para os pequenos. Não é à toa que o destino foi eleito 8 vezes consecutivas como a melhor praia do Brasil pela revista Viagem e Turismo. Os clientes da CVC confirmam essa preferência. “Porto de Galinhas é um eterno convite a ficar. Voltaria lá sempre que possível. Povo hospitaleiro, paisagens magníficas, ou seja, um roteiro inesquecível. Vale a pena e é tudo de bom!”, afirma Marta Medeiros, que enviou sua opinião ao Dica do Viajante do Portal CVC.

Fonte: Governo do Estado de Pernambuco e Site Oficial de Turismo de Porto de Galinhas (www.portodegalinhas.com.br).

CONFIRA AS PRINCIPAIS PRAIAS

Porto de Galinhas

Com fama internacional, é a principal praia da região, tem águas calmas e mornas, por isso é ideal para levar crianças. Com 4km de areias brancas e coqueiros, suas piscinas naturais são as mais fáceis de acessar na região – basta cinco minutos de jangada.

Pontal do Maracaípe

É formado pelo mar e a foz do Rio Maracaípe. Tem águas calmas e bancos de areia. O principal atrativo do local é o passeio de jangada pelo Rio Maracaípe. Lá também está o projeto Projeto Hippocampus, onde é possível conhecer o habitat do cavalo-marinho.

Cacimbas

O nome da praia é devido a sua formação rochosa rebaixada em formato de cacimba. Durante a maré alta o local vira uma piscina natural com pequenas grutas.

Toquinho

O local parece uma península, de um lado o Rio Sirinhaem e do outro o mar. Uma boa pedida é fazer o passeio de caiaque ou jangada pelo rio.

Cupe

Com mais de 4km, esta praia mescla áreas calmas com arrecifes e piscinas naturais, com áreas de ondas fortes e altas. Por isso o local é o preferido dos surfistas. Ali também ficam diversos hotéis e resorts.

Camboa

Semi-deserta, com águas tranqüilas e piscinas naturais, esta praia é ideal para banhos. Da areia é possível avistar o Porto de Suape.

Gastronomia

Os sabores de Porto de Galinhas

A culinária pernambucana mistura na mesma panela a influência indígena, africana e portuguesa. Por isso, é uma cozinha nutritiva com presença de raízes, como a mandioca, a batata, grãos, farinha e carne. No litoral, a proximidade com o mar facilita os pratos à base de pescados e frutos do mar fresquinhos como lagosta, camarão, peixes.

Da cana-de-açúcar da Zona da Mata, o pernambucano faz a rapadura, a cachaça e o açúcar, que misturado com as frutas, transforma-se em receitas deliciosas. Como o doce de jaca, cocada, sorvete e até nas refeições a fruta dá um toque, é fácil encontrar pratos como peixe ao molho de maracujá ou camarão ao molho de manga. Também é popular na região a tapioca salgada e doce, além dos pratos típicos das festas juninas, como pé-de-moleque, pamonha, bolo de milho, entre outros. Para beber, prove os sucos e caipirinhas feitos com as frutas nordestinas como a mangaba, pitanga, graviola e o umbu.

ONDE COMER

Beijupirá

Oferece pratos bem elaborados baseados na culinária nordestina. Destaque para os pescados e frutos do mar como o peixe na chapa com manteiga de caju. Experimente também as caipirinhas com frutas típicas como a graviola. End. Rua Beijupirá s/n tel. www.beijupira.com.br

Picanha do Tio Dadá

Muito conhecido em Porto de Galinhas, esse restaurante serve carnes na brasa preparadas em no máximo 20 minutos. End. Rua Esperança, 167 www.tiodada.com.br

Peixe na telha

Com uma bela vista para a praia, este restaurante serve delícias com peixes e frutos do mar. End. Beira Mar, 403

Traga Luz

Serve pratos da culinária regional como a peixada, a madioca frita e o queijo coalho. A grande atração do restaurante são as noites culturais com apresentação de grupos de forró ou folclóricos. End. Rua Esperança, nº 01

Compras

Fui a Porto de Galinhas e lembrei de você!

O artesanato de Porto de Galinhas é uma das melhores formas de conhecer um pouco mais sobre a cultura local. E esses produtos continuam sendo os preferidos dos turistas na hora da compra. Não deixe de levar para casa como lembrança uma galinha, símbolo do local, feita de coqueiros ou esculpida em cerâmica. Além disso, há pinturas em tela e tecido, brinquedos, redes, tapetes, todo tipo de bordado e, até mesmo, sutiãs feitos da quenga do coco. Os materiais utilizados na confecção destas peças são tipicamente nordestinos. Faça sua listinha e não esqueça de nenhum amigo, pois as lembracinhas de Porto de Galinhas são pra lá de especiais.

Onde comprar

Lory Arts

Vende artigos de cerâmica indígena como vasos, potes, xícaras, pratos entre outros. End. Galeria Caminho da Praia – Loja – Porto de Galinhas – Pernambuco – Brasil. Fone.: (81) 3552.2092

Galinhas

O artista Carcará e sua esposa Vitória são os criadores das galinhas gigantes, esculpidas em raiz de coqueiro, que viraram símbolo da vila de Porto de Galinhas. Elas podem ser adquiridas no ateliê do artista. End. acesso pelo km 7 da PE-009 das 9 às 18h.

Pratas e Pedras

Vende jóias e objetos de decoração com pedras preciosas e esculturas. End. Shopping Porto Rico – Loja 23 Fone.: (81) 3552.1783 Fax: (81) 3552.1783

A Fuxiqueira

Esta loja faz sucesso em Maracaípe vendendo roupas e acessórios feitos de fuxico, uma pequena trouxinha de pano feita à mão com retalhos de tecido. End. Vila de Todos os Santos – Maracaípe.

Curiosidades

A invenção de Porto de Galinhas

Uma história muito comum de ser ouvida nas ruas de Porto de Galinhas é sobre a origem do nome da vila. Contam os moradores e guias locais que após a proibição do tráfico de negros no Brasil em 1850, os navios negreiros continuavam chegando clandestinamente ao País. Como precisavam desviar de Recife, onde havia fiscalização, os africanos eram desembarcados nesta praia. Ficavam nos navios escondidos em engradados de galinhas-d’angola e os contrabandistas gritavam a senha “Tem galinha nova no porto!” para avisar a chegada. Embora essa história seja interessante, na verdade não passa de uma lenda, segundo o livro “A Invenção de Porto de Galinhas”, da Editora Persona – Empreendedorismo e Cultura, organizado e editado pelo Prof. Luís Carvalheira de Mendonça. O nome Porto de Galinhas já aparece em alguns mapas do final do século XVI, quando a região ainda era capitania hereditária.

 

BAOBÁ GIGANTE

Uma marca da região de Porto de Galinhas são os baobás, trazidos da África pelos escravos. Um deles, o mais querido da cidade, fica no bairro de Nossa Senhora do Ó e tem 400 anos. A árvore é linda e chama atenção pelo tamanho, é preciso pelo menos vinte pessoas para abraçá-la. O Baobá é uma espécie sagrada para os povos africanos, considerada uma árvore mãe já que dela é possível retirar alimento, água, remédio e matéria-prima para cabanas, roupas, colares, entre outros.

Curiosidades da Natureza

Do início de setembro até março, Porto de Galinhas recebe vários exemplares da espécie já que é o período de desova, principalmente, à noite. Os ninhos ficam entre a região do Pontal do Maracaípe à praia de Muro Alto, e em cada um são depositados em média de 100 a 120 ovos. E por falar em animais e natureza, o balneário leva a preservação ambiental a sério. O IBAMA participa de perto e dá algumas dicas de conscientização aos visitantes para os cuidados necessários com os corais, que junto com outras belezas naturais, criam uma atmosfera encantadora. Outro projeto é o Hippocampus, localizado no Pontal do Maracaípe, onde é possível conhecer mais sobre o habitat dos cavalos-marinhos.

Unfortunately there are no hotels at this location at the moment.

Unfortunately there are no self-catering offers at this location at the moment.

Unfortunately there are no tour offers at this location at the moment.