Nacionais - Curitiba

O que fazer - geral

A limpeza e a tranquilidade do capital paranaense tornam as ruas curitibanas verdadeiras alamedas de outro mundo. Entre os passeios para se fazer na região, visitar o famoso Jardim Botânico é essencial, que possui jardins floridos e a estufa grandiosa. Os shoppings de Curitiba, além de inovadores, trazem um design diferenciado e apostam em públicos distintos como alvo. Vale a pena conhecer, inclusive, a Ópera de Arame, majestosa construção em aço sobre um lago, feita para abrigar peças teatrais e apresentações de diversos estilos musicais

Localização:
Estado: Paraná
Idioma: Português
Clima: Temperado
Temperatura: 13°C a 21°C
Moeda: Real
DDD: 41
Distâncias:
Florianópolis – 310 km
São Paulo – 408 km
Porto Alegre – 711 km
Brasília – 1392 km

curitiba1 Jardim-Botânico max (4) Wed14Dec2011164342BRST1 curitiba01

Dicas

Dica:
O destino
Um passado cheio de histórias
Em 29 de março de 1693, o capitão-povoador Matheus Martins Leme, ao coroar os “apelos de paz, quietação e bem comum do povo”, promoveu a primeira eleição para a Câmara de Vereadores e a instalação da Vila, como exigiam as Ordenações Portuguesas. Estava fundada a Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, depois Curitiba.
A mudança do nome da vila e da rotina do povoado veio em 1721, com a visita do ouvidor Raphael Pires Pardinho, hoje nome de praça na cidade. Ele foi, provavelmente, a primeira autoridade a se preocupar com o meio ambiente da cidade, iniciando uma tradição pela qual Curitiba hoje é reconhecida internacionalmente. Hoje, a cidade é conhecida por ter uma das melhores condições de vida e um índice de áreas verdes do Brasil, com 52 m² por habitante.
A cultura e os costumes dos curitibanos são a mistura da influência de diversos povos que habitaram o local, entre eles alemães, franceses, suíços, poloneses, italianos, ucranianos, entre outros. A arte possui suma importância à cidade, em especial as cênicas e teatrais. Prova disso, é que o local abriga um dos maiores teatros em número de espectadores do país e ainda promove um importante festival teatral. A música, cinema e literatura também têm espaço no cenário cultural de Curitiba. Outra característica marcante da capital paranaense é que esta é uma das três melhores cidades brasileiras em infra-estrutura e uma das cinco melhores da América Latina para investir.

A capital paranaense encanta e surpreende os visitantes…
Para os que querem ver todas as belezas de Curitiba do alto, a Torre Panorâmica é a atração certa. Situada no ponto mais alto da cidade, a torre, que na verdade é um suporte de telefonia celular, permite a visão de 360° da região e ainda abriga o Museu do Telefone.
Uma oportunidade de ver as belezas naturais da capital é no Bosque Alemão, que além de ser um local de divulgação da cultura alemã, encanta os visitantes. O bosque abriga a réplica de uma antiga igreja de madeira situada no bairro Seminário, a Torre dos Filósofos, uma biblioteca infantil, a trilha de João e Maria, famosa história dos irmãos Grimm; e a Praça da Poesia Germânica, com a reprodução da fachada da Casa Mila, construção originalmente localizada no centro de Curitiba.
E por falar em construções históricas, para quem gosta de apreciar as antigas arquiteturas, o Setor Histórico abriga o conjunto de edifícios mais antigos do município, onde podem ser encontradas a Casa Romário Martins, Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, Igreja do Rosário, o belo Relógio das Flores, Fonte da Memória e Praça Garibaldi.

ONDE É MELHOR COMER
Pinhão: o rei da gastronomia influenciada por muitos povos
A gastronomia paranaense é uma atração à parte, com as tradicionais receitas que passam de geração para geração. Entre os ingredientes presentes nos pratos, o pinhão figura como um dos principais, não só nas festas juninas, como também nos hábitos alimentares do dia-a-dia. Panquecas, suflês, sopas e aperitivos são apenas algumas das receitas preparadas com pinhão. A colonização e a migração contribuíram para a mistura de pratos e sabores encontrada no Estado. Indígenas e até mesmo paulistas, gaúchos e mineiros acrescentaram seus sabores na gastronomia local.
Um prato bem característico da região é o barreado, trazido pelos portugueses e que representa fartura, festa e alegria. Carne fresca, toucinho, louro, cominho, pimenta e cheiro verde são alguns ingredientes da mistura, que costuma ser servida com farinha de mandioca, banana, laranja e arroz. Outras receitas típicas da culinária da região são o virado lajeado, com feijão preto; quirera lapiana, que leva carne de porco, assim como o porco no rolete, e pintado na telha, com as partes do peixe ou apenas o filé, regado a azeite de dendê e água de coco e temperado com salsinhas, tomates, azeitonas pretas, entre outros.
O que encontrar nos restaurantes de Curitiba
Em Curitiba, o que não falta é ofertas de ótimos restaurantes. Há opções para todos os gostos e paladares, da culinária regional à internacional. Aqui é possível encontrar estabelecimentos especializados em gastronomia alemã, asiática, árabe, japonesa, italiana, portuguesa, indiana e até mesmo ucraniana. Para quem gosta de uma boa comida italiana, Santa Felicidade é considerada o bairro gastronômico da cidade, onde é possível encontrar estabelecimentos que oferecem boas massas acompanhadas de excelentes vinhos, vindos diretamente da colônia italiana.
Fonte: Site Viaje Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Secretaria de Estado do Turismo do Paraná e Curitiba Convention and Visitors Bureau

Compras

O artesanato é o ponto forte das compras em todo o Estado. As atividades relacionadas ao artesanato são tradições que vieram com os imigrantes que tinham as suas atividades relacionadas ao mundo rural, como carpintaria e marcenaria. O artesanato paranaense está dividido em dois: o nativo, com origem indígena; e o aculturado, produzidos pelos europeus. Cada um deles possui suas próprias características e modo de produção. Dos indígenas vieram os artigos feitos com palha, barro, fibras vegetais e madeira, especialmente utensílios de cozinha. Enquanto a arte européia resultou na produção de bonecas de palha de milho, artigos entalhados, bordados, entre outros.
Cada região do Paraná tem suas especialidades em técnica e produtos do artesanato. Na capital podem ser encontrados os produtos de fibras naturais como vime, palha, bananeira, especialmente na Região Metropolitana e no bairro de Santa Felicidade; vasos, panelas e brinquedos em cerâmica; artigos entalhados em madeira; tecelagem de tapetes, colchas e mantos. Outra colônia que possui presença marcante em Curitiba e isso se reflete também no artesanato é a japonesa, produzindo origamis, uma arte oriental de dobradura em que é possível formar vários objetos com papel; kirigamis, uma variação do origami, em que além da dobradura também são feitos o recorte e colagem do papel; ikebana, os arranjos florais japoneses, entre outros.
Shoppings, feiras, mercado… vou a todos!
Um dos melhores locais para se encontrar toda a variedade do artesanato paranaense é na feira situada no Largo da Ordem, no setor histórico da cidade. Aqui, além das muitas barracas com o melhor em produtos artesanais, que vão de roupas a esculturas, há também exposições de carros antigos, isso sem falar nas atrações localizadas ao redor do local, como museus e construções antigas. A feira acontece todos os domingos, das 9 às 14 horas.
Outro bom local de compras em Curitiba é o Shopping Estação, onde o visitante encontra lojas de diversas especialidades e atrações interessantes como o Espaço Perfume, que conta a história do produto no mundo; Estação Natureza, um passeio pelas florestas brasileiras; Espaço do Boneco, onde acontecem apresentações de espetáculos teatrais aos finais de semana; Museu Ferroviário e Museu da Farmácia.
O Mercado Municipal é outra boa opção com as melhores ofertas em frutas, verduras, laticínios, peixaria, bebidas, condimentos, entre outros; e ainda conta com restaurantes e lanchonetes. Para quem quer fazer as compras sem se importar com o horário, a Rua 24 Horas é o local certo, com as 42 lojas que permanecem abertas a qualquer momento.
Fonte: Site Viaje Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Secretaria de Estado do Turismo do Paraná e Curitiba Convention and Visitors Bureau

Curiosidades
Curitiba, uma cidade cheia de surpresas
A importância que a cidade dá ao meio ambiente aparece até mesmo em seu nome. “Curitiba” tem origem do tupi guarani “Kur yt yba” que significa “grande quantidade de pinheiros”. A cidade serviu de cenário para uma das novelas de maior audiência da Rede Globo no horário das 18 horas, Sonho Meu. A trama mostrava com bastante freqüência os principais pontos turísticos da capital paranaense. Um dos cenários preferidos da novela era o Jardim Botânico, uma das principais atrações da cidade e que possui 278 mil m² e um bosque com mata atlântica preservada. O primeiro espetáculo teatral apresentado no palco da Ópera de Arame foi “Sonhos de uma Noite de Verão”, dirigido por Cacá Rosset. Depois dele, o local promoveu diversos eventos, entre festivais de dança, de teatro, o aniversário da cidade e programas de televisão. Curitiba é o segundo maior pólo automotivo brasileiro abrigando empresas como Audi, Volkswagen, Nissan, Renault, New Holland e Volvo. Além disso, o sistema de ônibus da cidade é tido por especialistas como um dos mais modernos e eficientes do país.
Fonte: Site Viaje Curitiba, Prefeitura Municipal de Curitiba, Secretaria de Estado do Turismo do Paraná e Curitiba Convention and Visitors Bureau.

Unfortunately there are no hotels at this location at the moment.

Unfortunately there are no self-catering offers at this location at the moment.

Unfortunately there are no tour offers at this location at the moment.