Internacionais - França

O que fazer - geral

O destino mais popular do mundo dita a moda e esbanja tradições

A França é a terra das florestas coloridas de marrom, das catedrais góticas, dos castelos imponentes, dos artistas eternizados, das revoluções inesquecíveis… Déjà vu? Até quem nunca esteve lá tem essa sensação. Há França por todos os lados! No perfume, na etiqueta, na moda, no Iluminismo, no existencialismo, no crepe, no brie… E é tudo tão bom que cerca de 78 milhões de pessoas foram para lá em 2006, segundo o Ministério do Turismo do país. Menor que a Bahia, a França atrai mais gente que qualquer outro lugar no mundo, já foi homenageado com centenas de livros e guias em diversas línguas, teve todas as suas atrações mapeadas, seus endereços publicados e suas novidades divulgadas. Então não há nada novo? Pelo contrário: famosa por manter como poucos sua identidade de tradição e rebeldia , essa nação adora reinventar o lazer, a comida, o consumo, o esporte, a balada, a arte, a vida. Mesmo os pontos turísticos mais antigos lançam novos serviços e, como os franceses são eternos bon-vivants, muitos viram festa: de comemorações gigantes na Torre Eiffel às celebrações badaladas em coberturas no dia de fogos de artifício, na Bastilha. A novidade está na boca do povo, nos cafés, nas ruas, nas mesas dos bares. Os diferentes sotaques, sobre o que tanto falam, de que riem, a que assistem na TV5 (têve sânque) e com o que sonham os franceses revelam o que há de novo no país. Para descobrir, viva como eles. Fique numa casa típica da Provence, beba o vinho onde as uvas são colhidas, mergulhe no azul mediterrâneo e pedale pelo interior. Esqueça que é turista!

*DDI: 33

*Língua oficial: francês

*Moeda: euro

*Visto: não é necessário, por até 90 dias

*Informações turísticas: www.franceguide.com

*Embaixada do Brasil em Paris: 34, Cours Albert 1er, 1/4561-6300, bresil.org

*Hora local: + 4h

*Melhor época: apesar de convenientes por coincidirem com nossas férias de inverno, julho e agosto não são meses recomendados para visitar a França. Marcam o auge do verão, as férias escolares e a alta temporada na Europa. As temperaturas de Paris ficam altas demais e, em toda a França, as atrações estão mais cheias e os estabelecimentos fecham por duas semanas. Tirando esse período atípico, a melhor época para visitar o país é na primavera e no outono, quando as temperaturas são boas, os preços ficam mais razoáveis e a maioria dos festivais e comemorações acontece. Coloque na agenda: Festival de Cinema de Cannes (segunda e terceira semanas de maio); Grandes Eaux Musicales (música clássica nos jardins do Castelo de Versalhes, entre maio e outubro); Festival de Jazz de Paris (entre junho e julho); Festival de Teatro de Avignon (julho); Fête de la Véraison (comemora a colheita de frutas, no primeiro ou segundo fim de semana de agosto); espetáculos medievais (agosto)

*Chamadas a cobrar: 0800 990 055 (Embratel) e 0800 991 555 (Telefônica, serviço válido apenas para São Paulo)

6ec1169d916b5e944b DSC_0292 FOTOS PRISCILA 302 IMG_7839 museu-do-louvre-4

Unfortunately there are no hotels at this location at the moment.

Unfortunately there are no self-catering offers at this location at the moment.

Unfortunately there are no tour offers at this location at the moment.