Cruzeiros

Os navios aceitam pagamento em real?

Dentro do navio, a moeda é o dólar. Você pode usar cartão de crédito internacional, mas não adianta levar real, cheque ou cartão de débito. A gorgeta é cobrada no ato da compra do pacote ou no check-in. A CVC, por exemplo, cobra US$ 8,50 por dia.
Qual a documentação exigida para embarcar num cruzeiro no Brasil e no exterior?
Quem não estiver com a documentação correta fica a ver navios. Nas viagens pelo Brasil você precisa levar um dos seguintes documentos originiais: RG, carteira de habilitação, passaporte . Para menores de 12 anos, também é aceita a certidão de nascimento original. Nas viagens internacionais, é preciso ter o passaporte ou, se a viagem for dentro do Mercosul, o RG com menos de dez anos de validade e em bom estado. Recomenda-se que menor de 18 anos com modelo de passaporte novo (em que não consta filiação) traga a certidão de nascimento. E, se viajar sem os responsáveis legais, precisa de autorização deles por escrito, com firma reconhecida. E, mesmo que esteja, por exemplo, com o pai, precisa da autorização da mãe, e vice-versa.
Os pacotes incluem bebidas ou elas são cobradas à parte?
Apenas os cruzeiros com a nomenclatura all-inclusive incluem todas as bebidas. Nos outros, o regime é de pensão completa, com bebidas pagas à parte.

Como são as cabines dos navios?

Existem várias categorias e vários preços. As internas, sem janelas, são as mais baratas.
Tenho que levar traje de gala?
Nos navios que têm noite do comandante, ninguém é expulso do salão se estiver com um traje informal. O recomendado é, pelo menos, blazer para os homens e esporte fino para as mulheres.
Quais os melhores horários para garantir um embarque tranqüilo?
Não adianta chegar de manhã ao porto, porque em geral o check-in só começa por volta das 12h (depende do horário da partida; veja na sua passagem). E é encerrado duas horas antes da partida do navio. Em dias de embarque de vários navios, as lanchonetes do terminal marítimo lotam. Traga então bolachas, salgadinhos ou frutas. Para evitar caos, não leve amigos e parentes para o porto e preencha os documentos necessários em casa. Como a mala pode demorar a chegar à cabine, leve uma mochila de mão com uma muda de roupa e um traje de banho para aproveitar a piscina.
Como chego o Porto de Santos? As agências oferecem traslados?
Avalie o custo/benefício de contratar o serviço da companhia marítima. Dependendo do tamanho do grupo ou da duração do cruzeiro, pode valer a pena deixar seu carro em um estacionamento próximo ao Porto de Santos.

Tem estacionamento perto do Porto?

O do Concais (administradora do Porto de Santos, 13/3226-5600) custa R$ 45 por dia. A partir de sete dias, o preço é fixo: R$ 270. O Parkstar (Avenida Senador Feijó, 352, 13/3019-2127), a dez minutos de carro do porto, cobra R$ 25 a diária (até três dias) ou R$ 20 a diária (mais de três dias). O proprietário transporta até duas pessoas de graça ao local de embarque. O Santista (Rua General Câmara, 169, 13/3232-9922, estacionamentosantista.com.br), a cinco minutos do porto, custa R$ 20 por dia. Quem viaja aos sábados e domingos deve telefonar para agendar a entrega do carro.